top of page

Quanto mais inconscientes mais criminosos são e demonstram isso na distribuição de maledicências

Quanto mais inconsciente é uma pessoa, mais ele “enxerga”, aponta, julga e condenam os defeitos "nos outros", esquecendo que os espelhos somente lhe reflete, aliás, é tão fácil qualquer um ver que quando apontamos o dedo para uma pessoa, temos na mesma mão “três dedos” apontando para nós mesmos, portanto, o que apontamos nos “outros”, está no mínimo três vezes em nós, entretanto, se negamos a “enxergar” em nós e apontamos “nos outros” que são os nossos verdadeiros “reflexos espelhos”.



Claro, temos o hábito e somos treinados para olhar para fora e não para dentro, somos treinados para competir com “os outros” e não conosco mesmo, ou seja, nem somos educados para prestamos atenção em nossas emoções, em nossos pensamentos, somos treinados e educados para olhar e se espelhar fora, inclusive, o mundo da moda, dos vícios, da gastronomia, do crime, da política, da religião, enfim, tantos exemplos nas relações do mundo que são “espelhos” que as pessoas seguem.



Todavia, essas mesmas pessoas esquecem que da mesma forma que seguem ou adotam um “espelho” positivo, tem tantos outros “espelhos” negativos que a pessoa ignora e nem reconhecem que estão dentro de si mesmo, e procura atacar, destruir e até matar “nos outros”, todavia, mesmo que a pessoa destrua um “espelho”, o mal, os monstros continuam dentro dela, e outros “espelhos” continuarão lhe jogando na cara, e se a pessoa nem trabalhar o seu interior, a sua consciência, em algum momento essas “sombras” escondidas em cada um vem à tona.


Por outro lado, uma falta de consciência própria nem pode gerar uma consciência coletiva, quanto mais as pessoas propagam a inconsciência, a qual é demonstrada através das fofocas, as tais famosas maledicências, maior é a demonstração de sua inconsciência e falta de conhecimento próprio, da falta de análise de sua própria natureza oculta.



Ou seja, a luz e as trevas fazem parte do mesmo dia, a cara e a coroa fazem parte da mesma moeda, a subida e a descida está presente na mesma estrada, o lado esquerdo e direito está presente em tudo manifesto, portanto, quem procura “enxergar” somente um lado, ignora o outro lado que está presente no mesmo objeto, “essa realidade” sempre será assim, e negar ela, simplesmente demonstra o quanto está mergulhado na inconsciência do mundo que é e faz parte, e ninguém pode “escapar” de um local que desconhece ou que ignora, portanto, para sairmos da prisão da ignorância precisamos mergulhar dentro de nós mesmo, pois o mundo fora é na verdade o que habita dentro de cada um de nós.



Portanto, o quanto cada um está jogando “os seus lixos e desgraças para os outros”, ao invés de reciclarem e trabalharem em seu interior, pois jamais poderemos ter um mundo melhor, se antes nem mudarmos o nosso interior, cada pessoa somente fala e distribuem o que está sobrando em seu interior, isso é básico na natureza, cada recipiente somente pode distribuir e vazar o que tem no seu interior.

 

Todavia, mesmo numa sociedade que se dizem ser cristãos e temente a Deus esquecem que em Mateus 12:34-37 temos:



Claro, devemos lembrar que calúnia, difamação e injuria são crimes praticados por pessoas "inconscientes" dos próprios "erros" que supostamente estão somente "nos outros", claro, entender isso nem é para qualquer um.

 




Por: Maurilio Trindade Aun

Eu sou o seu reflexo, você enxerga em mim a sua verdadeira sombra.

コメント


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page