top of page

Leilão de lotes em Itanhangá em breve para quem tem recursos e deseja investir na localidade

Administração de Itanhangá trabalha para fazer um paço municipal próprio

 

O município de Itanhangá tem apenas 19 anos de administração própria, pois teve a primeira administração iniciada em 01 de janeiro de 2005, todavia, nesses anos a localidade mudou drasticamente, principalmente nos últimos 8 anos que vem recebendo melhorias de infraestrutura em todos os setores, inclusive, melhorando a malha viária que cruza o município pela MT 338 e MT 242.


Imagem da frente da nova prefeitura projetada

A MT 242 pelas articulações da atual dupla que administra o governo municipal em Itanhangá, Edu Pascoski (PL) e Emerson Sabatine (PL), as parcerias entre município e governo estadual tem avançado e a pavimentação saindo de Itanhangá sentido a Brasnorte tem avançado, tanto é que se houvesse uma administração mais comprometida em Brasnorte igual tem em Itanhangá, provavelmente a pavimentação estaria muito mais avançada na MT 242, é o que pensa diversos empresários e moradores ao longo da rodovia, principalmente pertinente ao município de Brasnorte.



A atual dupla, Edu Pascoski e Emerson Sabatine já tem planejado e projetado a construção de um paço municipal novo para o município, obra orçada inicialmente em praticamente 4 milhões, todavia, para poder levantar parte destes recursos, o município vai leiloar 7 lotes ao lado do local que estará a prefeitura, ou seja, os lotes fazem frente para Avenida José Geraldo Riva, perimetral ao longo da MT 338, praticamente em frente ao trevo da MT 242 chegando de Ipiranga do Norte a Itanhangá na MT 338.


Lotes que a priori estão sendo avaliados para serem colocados a leilão pelo poder público municipal

Claro, os lotes estão sendo feito ainda o levantamento de valores para serem levados a leilão, mas a priori, alguns acreditam que deverá estar em torno de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) no mínimo cada lote, obvio, que somente após a avaliação esses valores serão de fato estabelecidos para cada lote, assim como, em leilão os valores podem até ser maiores do que os avaliados.



Claro, o projeto está pronto, todavia, até ser realizado o leilão e fazer o levantamento dos recursos para a obra poderá levar vários meses, portanto, uma obra que provavelmente somente começará lá pelo final do ano, claro, nem o prefeito, Edu Pascoski ou vice-prefeito, Emerson Sabatine foram questionados quando pensam em iniciarem as obras, na realidade, somente tivemos acesso ao projeto que a atual administração pretende realizar as obras, inclusive que pretendem leiloar os 7 lotes para levantarem recursos para a construção da nova prefeitura, portanto, somente após a realização do leilão, o qual poderá ocorrer daqui alguns meses, que a administração poderá realmente fazer uma estimativa de quando iniciarão as obras da futura prefeitura.

 


Aliás, na mesma quadra da futura prefeitura, será construído uma pequena “vila militar” e destacamento da Polícia Militar, bem como, uma creche, como pode ser visto no projeto realizado pela AMM a pedido da administração municipal de Itanhangá.



Por: Maurilio Trindade Aun

Empresário jornalista com licenciatura plena em matemática e acadêmico em direito na UNEMAT

 

Σχόλια


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page