top of page

Altir Peruzzo descarta ser candidato a qualquer cargo nesse pleito eleitoral de 2024 em Juína

PT de Juína passará por um duro teste nesse pleito de 2024

 

A administração do poder executivo em Juína vem sendo alternado há mais de 20 anos entre o Partido dos Trabalhadores (PT), denominado por muitos como de esquerda, com outros grupos que agrega mais direita e até a extrema direita.


Imagem de arquivo de quando o ex-prefeito de Juína exerceu temporariamente o cargo de deputado estadual

Ou seja, um período o PT sozinho ou agregado com outras siglas partidárias vence o pleito eleitoral e administram o poder executivo por 4 anos, mas depois, independente do quanto trabalham, acabam perdendo para os grupos políticos ditos de direita e extrema direita, igual ocorreu no último pleito eleitoral (2017 a 2020), quando o PT tendo o Altir enquanto prefeito realizou diversos avanços em obras e melhorias, tendo como certo que poderia vencer a reeleição, mas mesmo assim, perdeu a eleição para o atual prefeito, Paulo Veronese (2021 a 2024), o qual agregou um grande grupo político que lhe levou a vitória.


Todavia, o grupo que elegeu o atual prefeito, logo depois foi se afastando, e hoje ate o vice-prefeito, irmão Geremias (PL) é um dos pré-candidatos a concorrer contra o atual prefeito, isso sem dizer de outros grupos que estão ate trabalhando outros nomes para concorrer contra o atual prefeito, ou seja, os grupos políticos ditos de centro, direita e extrema direita trabalham com a possibilidade de ter uns 3 candidatos a prefeito em Juína, enquanto isso o PT (Partido dos Trabalhadores) passa uma “noite negra”, pois nem tem um nome forte para encabeçar a eleição pelo grupo.


No caso do PT, o ex-prefeito Altir Antonio Peruzzo garantiu que nem sairá candidato a nada nesse pleito eleitoral, pois diz que já disputou 11 pleito eleitoral desde quando iniciou sua carreira enquanto politico no PT e que desde o ano 2000 participou da majoritária nas eleições para prefeito ou vice-prefeito, mas que agora vai apoiar um outro nome novo do partido.


No caso do ex-prefeito e ex-deputado estadual e federal, Dr Saguas, o mesmo nem retornou, mas as informações são dadas como certo que nem sairá candidato a nada também (Retornou após a publicação afirmando que desde 2018 resolveu não concorrer mais a nem um cargo politico e que essa decisão foi definitiva), e por outro lado, alguns cogitam que o Romeu Veronese, tio do atual prefeito poderia sair candidato pelo PT, mas isso também são apenas conversas de alguns nos bastidores, pois o próprio Romeu nem comentou nada nesse sentido.


A priori, parece que o único do PT até agora que demonstrou certa disposição em ser cabeça de chapa é Luiz Brás, o qual era o vice-prefeito do Altir no mandato passado, todavia, até mesmo dentro do PT alguns nem enxerga o mesmo como um nome forte para concorrer ao pleito e obter vitória em Juína.


Até o MDB que no mandato do PT estava junto, hoje trabalha para lançar uma candidatura própria, ou seja, enquanto o PT parece desmotivado e sem trabalhar a sua base e nomes para disputar a eleição, os outros partidos do direita e extrema direita se preparam, podendo ser a primeira vez há mais de 20 anos que um prefeito pode se reeleger ou elegerem outro prefeito que nem seja do PT em Juína, acabando com a alternância de poder em Juína entre a tal esquerda e a tal direita.

 

Por: Maurilio Trindade Aun

Empresário jornalista com licenciatura plena em matemática e acadêmico em direito na UNEMAT

댓글


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page