top of page

44 km sem pavimentação é a situação da MT 170 entre Castanheira e Juruena

A empresa mais “atrasada” passou a ser a empresa mais adiantada


No começo do mês de julho registramos a matéria: “O Burro Preto nem começou a transitar na MT 170 entre Castanheira e Juruena”, a qual pode ser acessada no link acima e ver o que foi registrado naquela oportunidade.


Todavia, vamos aqui novamente relembrar aspectos importante, primeiramente que nesse trabalho de pavimentação da MT 170 entre Castanheira e Juruena são 3 empresas, sendo que a primeira de Castanheira sentido a Juruena tem a licitação para pavimentar 50,7 KM, sendo que deste trecho tem em torno de 26 Km nem foi feito trabalho algum praticamente, e há pouco mais de 15 dias registramos um vídeo acelerado entre Juruena e Castanheira, e após isso, possivelmente a empresa realizou um serviço de patrolamento na maioria dos 26 KM, todavia, ainda continua sendo o pior trecho entre Castanheira e Juruena.



A priori, pertinente a primeira empresa, são ainda em torno 29 km a ser pavimentado, sendo que destes, 3 km está pronto a terraplanagem, e os outros em torno de 26 km falta tudo ainda para ser feito. Por outro lado, destes em torno de 26 Km mesmo após o patrolamento feito em boa parte, poderá resultar em um trecho difícil no que aumentar as chuvas, pois mal apena começou as chuvas e já tinha hoje uma carreta em um local que nem conseguiu subir, como pode ver no registro da imagem abaixo.


Carreta nem conseguiu subir registrado no inicio da noite

Já a empresa responsável pela pavimentação de 39,30 km, vencedora do lote 02, de numeração da obra como 877, a qual começou as obras bem mais atrasada em comparação com as outras duas empresas entre Castanheira e Juruena, é hoje a empresa mais adiantada no trajeto, ou seja, ela já pavimentou em torno de 24 km e tem em torno de 15 km do trajeto de sua responsabilidade para ainda ser pavimentado, mas todo trajeto já trabalhado com os bueiros, e feito uma certa terraplanagem em todo o percurso, ou seja, a empresa já trabalhou todos os 39,30km de sua responsabilidade, ou seja, independente se a empresa tinha a responsabilidade contratual de entregar 20 km nesse ano pavimentado, ela avançou mais nesse quesito de pavimentar e ainda trabalhou todo o restante do trajeto, tornando uma estrada mesmo sem pavimentar, está em ótima qualidade.

Essa empresa começou as obras depois das outras, mas já trabalhou em todo o trajeto

Portanto, hoje são 44 km sem pavimentação entre Castanheira e Juruena, sendo que torno de 29 km é de responsabilidade da empresa que tem a obra 941, sendo que destes apenas 3 km estão feito a terraplanagem e o restante em estado precário que possivelmente resultará em atoleiros e veículos trancando o tráfego quando iniciar o período mais forte das chuvas, e os outros 15 km de responsabilidade da empresa que tem a obra 877, mas esse trajeto está ótimo, pois foi feito um trabalho de construções de bueiros e terraplanagem com compactação e a empresa continua ainda trabalhando no trajeto, pois desde a gravação do vídeo acima, a empresa da obra 941 praticamente nem avançou na pavimentação, mas a empresa da obra 877 avançou alguns km na pavimentação.


A outra empresa entre Castanheira e Juruena tinha apenas 10km a ser pavimentado, o qual foi pavimentado, o restante de responsabilidade da empresa é sentido a Aripuanã e Colniza, e daqui uns dias vamos registrar como está a situação da rodovia entre Juruena e Colniza.


Correções e acréscimos feito no dia 07 de dezembro:


Na realidade, observamos hoje na parte da tarde, que a empresa responsável pela obra de número 941 tem uma equipe de patrolas fazendo um patrolamento, bem como, tem uma ou duas outras equipes trabalhando em pontos para erguimento da pista para evitar atoleiros, assim como, iniciaram a limpeza das laterais da MT visando os trabalhos de terraplanagem e pavimentação futura, claro pode ser que essa movimentação ao longo dos 26 km piores na MT entre Castanheira e Juruena se deva pela programação da vinda do governador em exercício, Otaviano Pivetta e a deputada Janaina pela região, pois esse trecho ficou quase o ano inteiro sem nada de praticamente de patrolamento...



Por: Maurilio Trindade Aun

Empresário jornalista com licenciatura plena em matemática e acadêmico do oitavo período de direito na UNEMAT

Comentarios


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page