top of page

Vestibular da Unemat oferece 2.390 vagas para o segundo semestre

Inscrições abrem no dia 20 de março e vão até dia 23 de abril; prova será no dia 4 de junho.

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) divulgou nesta terça-feira (14.03) o edital do Vestibular 2023/2, para ingresso no segundo semestre deste ano. São ofertadas 2.390 vagas para 60 cursos de ensino superior, distribuídos em 11 municípios do Estado. As inscrições para o vestibular custam R$ 100 e deverão ser feitas entre os dias 20 de março e 23 de abril. O pedido para solicitação de isenção da taxa vai de 27 a 31 de março. Confira o edital aqui. As provas serão aplicadas no dia 4 de junho, das 8h às 13h, em 14 câmpus da Universidade. O resultado final do vestibular será divulgado a partir do dia 17 de julho. O período letivo terá início no dia 7 de agosto. Provas As provas serão realizadas nas cidades de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Cuiabá, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra. O Vestibular 2023/2 compreende duas fases: a primeira consta de quatro provas objetivas com questões sobre Ciências da Natureza e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, e Linguagens, Códigos e suas tecnologias. Já a segunda etapa constitui-se de prova de redação. As duas fases serão realizadas em fase única, no dia 4 de junho, das 8h às 13h. Cotas A Unemat adota sistema de ações afirmativas: todos os cursos oferecidos destinam vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, dentro das quais são ofertadas as vagas para candidatos negros, indígenas e com deficiência, ou seja, as pessoas que concorrem a estas vagas também devem ter estudado em escola pública. As cotas para candidatos negros incluem negros de pele escura (pretos) e negros de pele clara (pardos). Cursos com 30 vagas reservam 18 vagas para alunos de escola pública, das quais 8 são para pretos e pardos, 1 para indígenas e 1 para pessoas com deficiência, com 8 para os demais candidatos de escola pública. 12 vagas serão destinadas à ampla concorrência. Em cursos com 40 vagas, 24 são reservadas para alunos que cumpriram integralmente o Ensino Médio em escola pública. Destas 24 vagas, 10 são para estudantes negros, 2 para estudantes indígenas, 1 para estudantes com deficiência e 11 para os demais candidatos de escola pública. A ampla concorrência terá 16 vagas. Ao todo, são 119 vagas destinadas para indígenas, 598 vagas para estudantes negros, 60 para pessoas com deficiência, 657 para demais alunos da rede pública e 956 para ampla concorrência.

Inclusão O edital prevê atendimento especializado para candidatos com deficiência física, cegueira, baixa visão, visão monocular, surdez, surdocegueira, déficit de atenção, dislexia, autismo, discalculia, entre outros, além do atendimento específico para candidata gestante ou lactante ou para candidato com outra condição transitória específica, como acidente ou pós-cirúrgico. Além disso, a Unemat informa que, para candidato trans (travestis, transexuais e transgêneros e todas as pessoas que se identifiquem com outro gênero que não aquele designado a partir do sexo biológico em seu nascimento), é ofertada a opção de utilização do nome social. Todas as informações sobre as etapas do Vestibular e seus editais podem ser acessadas em vestibular.unemat.br Confira os cursos disponibilizados na Unemat: - Administração: Diamantino (Noturno), Juara (Noturno), Nova Mutum (Noturno), Sinop (Noturno) e Tangará da Serra (Matutino e Noturno) - Agronomia: Alta Floresta (Integral), Cáceres (Integral), Nova Mutum (Integral), Nova Xavantina (Integral) e Tangará da Serra (Integral) - Arquitetura e Urbanismo: Barra do Bugres (Integral) - Ciência da Computação: Barra do Bugres (Noturno), Cáceres (Matutino) e Rondonópolis (Noturno) - Ciências Biológicas: Alta Floresta (Noturno), Cáceres (Integral), Nova Xavantina (Noturno) e Tangará da Serra (Noturno) - Ciências Contábeis: Cáceres (Matutino), Nova Mutum (Noturno), Sinop (Noturno) e Tangará da Serra (Noturno) - Ciências Econômicas: Sinop (Noturno) - Direito: Alta Floresta (Noturno), Barra do Bugres (Noturno), Cáceres (Matutino), Diamantino (Noturno) e Pontes e Lacerda (Noturno) - Educação Física: Cáceres (Matutino) e Diamantino (Noturno) - Enfermagem: Cáceres (Integral), Diamantino (Integral) e Tangará da Serra (Integral) - Engenharia Civil: Nova Xavantina (Integral), Sinop (Integral) e Tangará da Serra (Integral) - Engenharia de Produção Agroindustrial: Barra do Bugres (Noturno) - Engenharia Elétrica: Sinop (Integral) - Engenharia Florestal: Alta Floresta (Matutino) - Geografia: Cáceres (Noturno) e Sinop (Noturno) - História: Cáceres (Noturno) - Jornalismo: Tangará da Serra (Noturno) - Letras: Cáceres (Noturno), Pontes e Lacerda (Noturno), Rondonópolis (Noturno), Sinop (Noturno) e Tangará da Serra (Noturno) - Matemática: Barra do Bugres (Noturno), Cáceres (Noturno) e Sinop (Noturno) - Medicina: Cáceres (Integral) - Pedagogia: Cáceres (Noturno), Juara (Noturno) e Sinop (Noturno) - Sistemas de Informação: Sinop (Noturno) - Turismo: Nova Xavantina (Noturno) - Zootecnia: Pontes e Lacerda (Integral, com aulas presenciais concentradas no turno matutino) Confira onde estão disponibilizados os cursos: - Alta Floresta: Agronomia (Integral), Ciências Biológicas (Noturno), Direito (Noturno) e Engenharia Florestal (Matutino) - Barra do Bugres: Arquitetura e Urbanismo (Integral), Ciência da Computação (Noturno), Direito (Noturno), Engenharia de Produção Agroindustrial (Noturno) e Matemática (Noturno) - Cáceres: Agronomia (Integral), Ciência da Computação (Matutino), Ciências Biológicas (Integral), Ciências Contábeis (Matutino), Direito (Matutino), Educação Física (Matutino), Enfermagem (Integral), Geografia (Noturno), História (Noturno), Letras (Noturno), Matemática (Noturno), Medicina (Integral) e Pedagogia (Noturno) - Diamantino: Administração (Noturno), Direito (Noturno), Educação Física (Noturno) e Enfermagem (Integral) - Juara: Administração (Noturno) e Pedagogia (Noturno). - Nova Mutum: Administração (Noturno), Agronomia (Integral) e Ciências Contábeis (Noturno) - Nova Xavantina: Agronomia (Integral), Ciências Biológicas (Noturno), Engenharia Civil (Integral) e Turismo (Noturno) - Pontes e Lacerda: Direito (Noturno), Letras (Noturno) e Zootecnia (Integral, com aulas presenciais concentradas no turno matutino) - Rondonópolis: Ciência da Computação (Noturno) e Letras (Noturno) - Sinop: Administração (Noturno), Ciências Contábeis (Noturno), Ciências Econômicas (Noturno), Engenharia Civil (Integral), Engenharia Elétrica (Integral), Geografia (Noturno), Letras (Noturno), Matemática (Noturno), Pedagogia (Noturno) e Sistemas de Informação (Noturno) - Tangará da Serra: Administração (Matutino e Noturno), Agronomia (Integral), Ciências Biológicas (Noturno), Ciências Contábeis (Noturno), Enfermagem (Integral), Engenharia Civil (Integral), Jornalismo (Noturno) e Letras (Noturno) Nataniel Zanferrari | Unemat

Comments


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page