top of page

Artigo: Em algum momento...

Há muitas moradas na casa do Pai como expressava Jesus. Entretanto, a participação nelas depende do acreditar primeiro para ver depois. A fé como a chave que abre vários mistérios e o trabalho disciplinado como o passaporte para as bem-aventuranças.

Veja a grandeza e a benção 'nas pequenas bondades da natureza e da vida'...

Há mais de 30 mil anos, o raciocínio vem se aprimorando através do Homo sapiens sapiens, mas somente com a passagem de Cristo que temos as diretrizes corretas da vida. Estar na carne como misericórdia de Deus, pois é preciso despertar em algum momento para a condição imortal.


A existência espiritual e as experiências carnais são convites para os esforços de aprimoramento, bem como de alinhar-se com os propósitos superiores. Ascender as altas moradas é tanto um privilégio quanto o reconhecimento pelos preciosos resultados. A todos está o convite, ainda que poucos venham a prestar atenção.


As ilusões da matéria por fama e dinheiro, poder e diversão ainda representam um chamamento forte que poucos resistem. O amadurecimento leva tempo, podendo a dor acordar o indivíduo. Deus convida, mas aguarda que a semente esteja pronta em algum momento.


Orar, meditar, refletir são formas de nutrir o despertar para o que importa. As riquezas imateriais e o conhecimento superior não raro são adquiridas sob condições especiais, assim como a pedra é polida ou o diamante formado. Agradecemos, portanto, as oportunidades e as pessoas colocadas em volta de nós. No trabalho de ascensão, devemos estudar e trabalhar, ajudar e amar para conquistar nosso lugar de luz no universo.

Paulo Hayashi Jr. - Doutor em Administração pela UFRGS. Professor e pesquisador da Unicamp.


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page