top of page

Janeiro Roxo: Conscientização sobre Hanseníase

O janeiro roxo é o mês de conscientização de combate a Hanseníase. Existe, pois, ainda se faz necessário falar sobre uma doença que carrega tanto estigma, desinformação e complexidade no diagnóstico.


Em Juara, a Equipe do AAER – Ambulatório de Atenção Especializada e Regionalizada de Juara adere à campanha. A Enfermeira Márcia Tecco disse que o assunto é de relevância e que neste dia 27 de janeiro às 08h da manhã, toda as equipes dos PSFs e agentes comunitários irão realizar um Pit Spot no centro da Cidade para alertar a população sobre os cuidados com a Hanseníase.

A Técnica de Enfermagem Terezinha Peixoto disse que em Juara existe 97 casos de Hanseníase notificados. Terezinha pede à todas as pessoas que apresentarem os sintomas, que procures as unidades de saúde para que seja feito um diagnóstico.

O AAER de Juara, conta com uma equipe capacitada com o médico Dr. Haroldo Hatanaka a enfermeira Márcia, além de técnicos de enfermagem, fisioterapeuta e sapataria realizando confecção de palmilha para adaptação dos pacientes.

O Dr. Haroldo lembra que Hanseníase não é apenas em janeiro, os cuidados são para o ano inteiro, mas um diagnóstico precoce leva a um tratamento mais simples e com menores sequelas e consequências.


HANSENÍASE

A Hanseníase é uma doença infecciosa, causada por uma bactéria. É transmissível e atinge, principalmente, a pele e os nervos periféricos como mãos e pés. Quanto mais cedo for diagnosticada, mais eficaz será o tratamento. A transmissão ocorre pelas vias respiratórias (fala, espirro ou tosse), durante o convívio prolongado com o doente sem tratamento. É longo o espaço de tempo entre o contágio e o aparecimento dos sinais da doença. O paciente deixa de transmitir a doença para seus familiares ao iniciar o tratamento medicamentoso.

O tratamento da hanseníase é realizado por meio de medicamentos que são dispensados gratuitamente nas UR. O paciente deve ir uma vez por mês à unidade. A hanseníase tem cura.

A pessoa que manteve ou mantém contato freqüente com portador da hanseníase, deve procurar uma UBS para avaliação clínica da doença.

Sinais da doença:

• Uma ou mais manchas de cor variada: esbranquiçada, avermelhada ou acastanhada.

• Mancha com perda de sensibilidade, pele seca e queda de pelos.

• Dor, sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços e pernas.

• Nódulos (caroços) no corpo, avermelhados e dolorosos.

• Diminuição da força muscular das mãos, pés ou face.

Alguns sintomas da hanseníase são:

- Manchas brancas ou avermelhadas

- Perda de Sensibilidade na área afetada

- Dormência nas mãos e nos pés

Secretaria de Saúde | Prefeitura de Juara


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page