top of page

Janaina toma posse pela 3ª vez como deputada e é reeleita vice-presidente da ALMT

Única mulher eleita ao parlamento estadual nas últimas três eleições, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) tomou posse na manhã desta quarta-feira (01.02) e foi reeleita vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, na chapa encabeçada pelo presidente Eduardo Botelho. Janaina Riva foi reeleita em 2022 com 82.124 votos, sendo pela segunda vez consecutiva, a deputada estadual mais votada em Mato Grosso.


Janaina avaliou como o positivo e de credibilidade junto à população, o momento que a Assembleia Legislativa está vivendo. “Essa superlotação aqui hoje mostra como a Assembleia reverteu toda aquela rejeição que tinha há anos. Com a chegada das redes sociais para ficar e a mídia tradicional mais presente dentro do parlamento, acompanhando em tempo real o nosso dia a dia, trouxe mais popularidade para a Assembleia.


As pessoas se sentem mais próximas e passaram a acompanhar de perto os deputados. Isso acabou fazendo com que os deputados que aqui estão respondam com mais celeridade os anseios do seu eleitorado e da população mato-grossense como um todo. O trabalho do deputado melhorou muito”, avalia.


Em conversa com a imprensa, a deputada atribuiu a ausência de mais mulheres no parlamento ao um machismo estrutural e à falta de uma legislação eleitoral mais inclusiva. “Nosso estado demonstra em números de casos de violência contra a mulher que temos uma cultura ainda muito atrasada e patriarcal. Isso precisa ser mudado aos poucos.


Essa participação ativa aqui na Assembleia que venho fazendo onde por duas vezes fui a deputada mais votada de Mato Grosso, assumindo a vice-presidência do parlamento e bastante atuante, demonstra que existe espaço bastante espaço para outras mulheres ocuparem.


É uma pena mais uma vez só ter eu aqui. Vejo também que se não mudar a legislação, as mulheres continuarão a ter representatividade inferior. E isso deve a vários motivos: financeiros, apoio político partidário, dificuldades pessoais e outros tantos motivos que fazem com que sua condição de eleição seja inferior”, explica.


Última posse como deputada estadual, Janaina reforçou que pretende fazer o melhor mandato da vida dela no parlamento estadual e reforçou que pretende daqui a quatro anos alçar voos mais altos.


“Nosso mandato como deputado não pode ser vitalício. Vou dar a minha contribuição por mais quatro anos e depois é hora de abrir espaço para novas lideranças e tentar alçar voos maiores. O que vou disputar lá frente vai depender do cenário e de como as coisas vão caminhar até lá”, finaliza.


Após a cerimônia de posse houve uma sessão para eleição da nova mesa diretora da qual a deputada foi reeleita vice-presidente. Janaina aproveitou a sessão de eleição para anunciar a composição do seu novo bloco partidário, que desta vez será composto pelos quatro deputados do MDB. O bloco Movimento Democrático Brasileiro será composto por Janaina Riva, Thiago Silva, DR. João e Juca do Guaraná.


Terno, gravata e muitos significados

A deputada causou surpresa aos presentes ao escolher como traje da posse, um terno e gravata. A escolha da gravata é símbolo para o empoderamento feminino e, como deputada mais votada pela segunda vez, significa a ocupação de espaços, lugares e vestes, antes só reservados aos homens. Segundo ela, a mensagem foi sobre igualdade.


“A credibilidade de uma mulher é tida a partir de uma percepção moral de sua figura, nessa minha última posse aqui na Assembleia, resolvi vir diferente do que todos estão acostumados a me ver. A mulher é muito mais que um vestido e um adereço de joias, nós podemos ser multifacetadas e nunca seremos apenas mais uma em meio a tantos homens, mesmo usando terno e gravata.


Sou e serei a voz das quase 1,5 milhão de mulheres mato-grossenses, em meio aos 23 colegas, usando vestido ou terno e gravata”, finaliza Janaina.


Fonte: Laura Petraglia/Assessoria de Comunicação


Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg
bottom of page